MENU
Autoridades chinesas autorizam impressão de Bíblia para a mongólia
27/05/2024 12:05 em Evangelização

Aprovação marca o fim de um projeto de 18 anos. 

 

As autoridades chinesas autorizaram a impressão da tradução completa da Bíblia para a língua minoritária da Mongólia Interior pela Sociedade Bíblica, um marco significativo para a disseminação das Escrituras nesta região.

Este progresso é uma resposta maravilhosa às orações solicitadas recentemente em nossa carta “Bíblia por Mês” e na revista “Palavra em Ação”. Agradecemos sinceramente pelo seu apoio em oração e louvamos ao Senhor por esta realização!

De acordo com  Bible Society, a aprovação marca o fim de um projeto de 18 anos. A tradução foi concluída no final de 2021 e agora as provas bíblicas estão prontas para serem enviadas à gráfica para publicação. Em breve, essas Bíblias serão distribuídas na Região Autônoma da Mongólia Interior, uma vasta área que faz fronteira com o país da Mongólia ao norte.

O sucesso deste projeto demonstra a confiança que as autoridades chinesas têm na Sociedade Bíblica. Esta confiança foi cuidadosamente construída ao longo dos anos, incluindo a criação da maior gráfica bíblica do mundo em Nanjing, no leste da China. Suas doações em oração têm, portanto, um impacto direto na China continental.

Liu Zhanrong, da Equipe de Tradução da Bíblia da Mongólia Interior, expressou profunda gratidão pelas orações dos apoiadores da Sociedade Bíblica ao longo dos últimos 18 anos. Liu explicou que a tradução da Bíblia para a língua mongol é de extrema importância para os 4,2 milhões de mongóis interiores, que têm uma rica herança cultural.

Historicamente, os mongóis praticavam adoração a ídolos e realizavam rituais supersticiosos. Devido à intervenção divina e à propagação do evangelho, muitos crentes foram libertados dessas práticas. No entanto, ainda há muitos mongóis que não conhecem a Deus. Através da palavra de Deus, essas pessoas podem encontrar salvação e verdade. 

Fonte: Gospel Mais

 

 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!